Um poema pra Alan.

Imagem

 

No alto da linha

Há uma lira

Há no Hai Kai

O sabor da tua poesia

Poesia que carrega o som da tua Lira

Lira muda

Só escuta quem muda

Muda para um novo mundo

Mundo esse, cheio de mudas

Mudas mutantes em frutos

Que crescem ao som de agudos

Agudos enroscados em Lã

Carregados pela tua mão

Exalados por um a – Lã.